domingo, 12 de outubro de 2008

Quando o dia amanhecer - Um poema de Luís Costa












Quando o dia amanhecer

Eu quero estar acordado
Para ver o Sol crescer
E a luz resplandecer
No teu rosto animado

Quando esta noite sombria
Sem estrela nem luar
Morrer nos braços do dia
Eu vou rever a alegria
No brilho do teu olhar

Quando esta noite de breu
Der lugar ao céu azul
Serei livre em jubileu
Como uma ave no céu
Volitando para Sul

Quando o dia amanhecer
Vou estar bem acordado
Para ver o Sol reger
Ver a luz recrudescer
E ser feliz a teu lado


Luís Costa

2 comentários:

Luís Costa disse...

Já há muito que não sentia o perfume desta sua rosa amarela. Erro meu! Vejo agora que tenho estado sempre aqui! É BOM TER AMIGAS COMO A SAFIRA! Também quero estar consigo quando amanhecer, quando esta noite, esta longa noite tiver fim!

Pelos caminhos da vida. disse...

Qdo o dia amanhecer:
eu agradeço por mais um dia de vida,pela minha familia,por vcs,não os conheço pessoalmente,mas os considero muito.
Viver é a maior dádiva de Deus.

Obrigada pela visita.

beijooo.