domingo, 27 de março de 2011

Valeu a pena, vou celebrar!



Na história da profissão docente, hoje é um dia relevante.
É o dia em que acaba de ruir um projecto deontologicamente inaceitável, porque conceptualmente inadequado, politicamente irresponsável e tecnicamente aventureiro e incompetente. Refiro-me ao hoje extinto modelo de avaliação do desempenho dos professores, descendente directo do modelo de Lurdes Rodrigues.
Ao fim de três longos anos de demonstração da inadequação, de denúncia da irresponsabilidade e de comprovação do aventureirismo e da incompetência, chegou o momento em que a disformidade legislativa foi atirada ao lixo.
Não sabemos o futuro. Não sabemos o que aí vem. Mas sabemos o que hoje terminou.
Independentemente das hipocrisias políticas e dos oportunismos eleitoralistas de vários deputados, este dia pôs um ponto final a uma aberração e a uma indignidade.
Foram muitos os professores que lutaram para que isto fosse possível. Valeu a pena pugnar.
Vale a pena celebrar. Eu vou celebrar.

4 comentários:

Abner, disse...

professores devem contestar sempre. Não devem aceitar que são pagos por serem pagos. Os professores formam os grandes deste país e merecem ser tratados com mais dignidade. Só vamos ser um páis chamado Tupiniquim se quisermos. Se para formar um cidadão consciente preciamos de 30 anos, então vamos à luta, ó, brasileiros e brasileiras

saudações

san4toino disse...

abaixo o modelo ou abaixo a avaliação????
isto de alguém me andar a dizer que eu não pesco nada disto e que tenho que dar mais de 12 ou 14 horas de aulas por semana é muito "irritante"

Safira disse...

Abner,

Obrigada pela sua visita e pelo seu apoio. Volte sempre!

Saudações cordeais,

Safira

Safira disse...

san4toino,

Este modelo de avaliação deve ser atirado ao lixo. Os professores querem e devem ser avaliados (aliás sempre foram avaliados os professores), mas uma avaliação justa que mostre o trabalho pedagógico do professor. Ora, o que está a acontecer com este ADD é que não mostra o trabalho pedagógico, mas sim uma parnafenália de papéis e mais papéis que o tornam no modelo de ADD mais burocrático e demagógico de sempre. Isto os professores rejeitam liminarmente.

Saudações cordeais e volte sempre,

Safira